- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

INFORMAÇÕES SOBRE AS SESSÕES DE PRÁTICAS (KEIKO)

Aqueles que se iniciam no Chadô – Caminho do Chá – junto à Urasenke, começam pelo warigeiko, o aprendizado dos movimentos básicos em partes separadas, e o bonryaku  temae ou Cerimônia de Chá Simplificada com a bandeja.

Concluída esta etapa de iniciação (nyûmon), prosseguem ao nível konarai. Essa matéria é essencial para o conhecimento básico do Chadô. Ao terminar a fase konarai, passam ao nível shikaden e, para concluir a prática (keiko), ingressam no chaji. Para o preparo de uma tigela de chá, existe essa forma mais cabal e completa com primazia de recepcionar os convidados, que é o chaji ou a Cerimônia do Chá Formal. O chaji é fundamental para assimilar o Chadô e pode-se também dizer que é a culminação do espírito do Chadô. O anfitrião prepara seu espírito para recepcionar os convidados, considerando esse encontro um momento único (ichigo ichie), que não irá se repetir, onde anfitrião e convidados se reunirão em estado de unidade (ichiza konryû).

 

 

HORÁRIO DAS SESSÕES DE PRÁTICA
Dia Horário
3ª feira das 10h às 15h30 
6ª feira das 10h às 15h30
Sábado das 10h às 12h
Domingo das 10h às 12h

 


MEDIDAS DE PREVENÇÃO DE CORONA VÍRUS
Regras para okeiko (sessões de práticas) no Hakuei-an

  • Evite participar do okeiko se:
    Atualmente são positivos para coronavírus, ou tem sintomas de resfriado (tosse, dor de garganta, etc.), ou têm febre, ou doenças crônicas ou não se sentir bem (•fraqueza • falta de ar • náuseas •problemas de paladar ou olfato, • entre outros).
    Assim também, se houver uma pessoa infectada em sua família ou alguém próximo a você, há menos de 14 dias, por enquanto, evite participar.

  • O uso de máscara é OBRIGATÓRIO (exceto no momento de se servir do doce e chá).
    Em cada sala para okeiko poderão estar no máximo até 5 pessoas, incluindo o sensei, manter o distanciamento e deixar sempre ventilada a sala.
    Limpar e desinfetar, no momento apropriado, os objetos de uso comum (mesas, cadeiras) e peças/ áreas de contato comuns (puxador da porta corrediça – fusuma, torneira).

  • A entrada será direto pelo genkan, e não pelo jardim. Tirar os sapatos. Certifique-se de lavar as mãos após tocar em seus sapatos, bolsa, dispositivo móvel (celular, tablet), carteira, etc.

  • Limpar bem os utensílios antes e depois de usar no temae.
    Em cada temae, trocar o chawan e chakin a ser usado.
    Trocar com frequência os panos de louça e a água da bacia do chakin que tem no mizuya

  • Por enquanto o okeiko será ministrado para um anfitrião e um convidado.
    Antes de começar a pratica, tanto o anfitrião como o convidado, devem lavar bem as mãos, e durante o temae tente no possível não tocar no cabelo ou em outras partes do corpo.


Centro de Chado Urasenke do Brasil.
Em vigor a partir de setembro 2020

Última atualização

01/10/2021 - Relatório: 1º HARU MATSURI ORGANIZADO PELO BUNKYO
01/10/2021 - Matéria Especial: Entrevista com o professor japonês Massao Daigo
01/09/2021 - 13. Fûryû – elegante, refinado… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2021 - 13. KAZE | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2021 - Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II) | Relatos de Cenas Brasileiras
01/08/2021 - Sumi – 1 | Mini conhecimentos sobre Chadô
01/06/2021 - 12. Mi ni shimu – Um modo profundo de sentir… | Wa no kokoro – O espírito japonês