- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Wagashi – Doce japonês

Hanabira-mochi

Dezembro de 2018

Existem diferentes doces que nos fazem sentir a vinda das estações, mas há apenas um que aparece na celebração do Ano-Novo, o hanabira-mochi (lit. mochi em pétalas); apreciado como aquele wagashi que traz bons augúrios para o novo ano. É conhecido também por hishi-hanabira-mochi (lit. mochi em pétala no formato de losango). Preparado com um recheio feito da raiz de bardana curtida em mel e pasta de soja missô branco sobre uma massa de arroz glutinoso mochi tingida de rosa e em forma de losango (kishi), tudo isto embrulhado em massa circular de mochi branco, resultando em uma forma semicircular…

leia mais ...

Kurimushi yôkan

Outubro de 2018

Outono frutífero, outono de apetite, é a época em que os ingredientes gostosos da estação não devem passar despercebidos no mundo dos doces japoneses.

kurimushi yôkan 栗蒸し羊羹 surge nas vitrinas das confeitarias justamente entre o outono e o começo do inverno, época em que são colhidas as castanhas japonesas…

leia mais ...

Fu-manjû

Agosto de 2018

Mesmo na época de pleno calor há muitos doces japoneses leves que podem ser saboreados. Desta vez vamos apresentar um deles: o “fu-manjû” (麩饅頭), visto nas confeitarias japonesas no verão. É feito de pasta de feijão doce envolto com uma massa de “nama-fu” (生麩) e embrulhado com folhas de bambu ou de salsaparrilha (smilax glabra)…

leia mais ...

Waka-ayu

Junho de 2018

Há muitos doces típicos confeccionados apenas na estação apropriada, e possivelmente, o wagashi waka-ayu 若鮎 é um dos mais representativos do início do verão nas docerias típicas japonesas…

leia mais ...

Hanamidango

Abril de 2018

Uma das características típicas da primavera japonesa é apreciar as flores da cerejeira no auge de seu florescimento debaixo das árvores, comendo algo delicioso ou tomando algum sake prazerosamente. Para acompanhar esta cerimônia de contemplação das flores de cerejeira não pode faltar um doce, e o que melhor representa, é sem dúvida, o “hanamidango” (lit. bolinhas para ver flores)…

leia mais ...

Uguisu-mochi

Fevereiro de 2018

No início da primavera ainda remanesce o frio do inverno, as flores das ameixeiras japonesas começam a florescer e os rouxinóis iniciam o seu canto. O “uguisu-mochi” (うぐいす餅 lit. mochi rouxinol) tem este nome em homenagem ao pássaro conhecido como aquele que anuncia o prenúncio da primavera…

leia mais ...

Kuri-kinton

Novembro de 2017

Quando as folhas se colorem no auge do outono são feitos wagashi de diferentes sabores representando a estação. Originalmente o kuri-kinton, doce que utiliza a castanha portuguesa, era típico da cidade de Nakatsugawa…

leia mais ...

Tsukimidango

Setembro de 2017

O dia 15 de agosto, no antigo calendário lunar, é considerado o dia de lua cheia, ou seja, no décimo quinto dia, e no dia 13 de setembro, no décimo terceiro dia. Nesse dia é costume apreciar a lua no festival chamado Otsukimi “observação da lua”, oferendando “bolinhas” (dango), castanhas japonesas, inhames e grama dos pampas…

leia mais ...

Mizu yôkan e Kuzu manjû

Julho de 2017

Ao iniciar a estação chuvosa no Japão, finalmente, o verão começa. Tanto nos utensílios de chá como nos kimono usam-se recursos que sugerem a estação de verão, do mesmo modo acontece com os wagashi que aparecem para indicar o início da estação do verão…

leia mais ...

Kashiwamochi

Maio de 2017

Kashiwamochi

O dia 5 de maio no Japão é o dia do “Festival dos Meninos” (tango no sekku), que também recebe o nome de “Dia das Crianças” (Kodomo no hi) ou “Festival das Iris” (shôbu no sekku). Neste dia, celebra-se o crescimento saudável dos meninos e como oferenda temos o doce kashiwamochi (柏餅)…

leia mais ...