- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Chawan Project – Abertura

No sábado 30 de junho realizou-se, na Japan House, o 1º Encontro do “Chawan Project”, cuja curadoria é da ceramista brasileira Hideko Honma e conta com a participação de mais seis ceramistas.

No 1º Encontro foi abordada a história do chawan, com apresentação dos ceramistas do Brasil, que fazem parte deste ciclo de palestras. O evento foi um grande sucesso, formando-se desde a manhã uma longa fila para a retirada de senhas.

No início, Masaru Susaki, diretor geral da Japan Foundation, introduziu o ochazuke お茶漬け, uma refeição japonesa leve e simples, feita com chá verde quente e outros complementos sobre o arroz cozido. Em seguida, o chef Jun Sakamoto ofereceu aos participantes ochazuke, nas tigelas dos referidos ceramistas.

Depois disso, o mestre Sôichi Hayashi do Centro de Chado Urasenke do Brasil deu uma palestra sobre chawan. Sua fala esteve focada nas diversas variedades de chawan e suas respectivas histórias, e na profunda relação que há entre o chawan e a Cerimônia do Chá. Os participantes ouviram com interesse histórias da relação entre xoguns e chawan, e ficaram muito admirados com a beleza do azul da Yôhen tenmoku 曜変天目, tigela de chá do tipo tenmoku, de superfície esmaltada preta, com manchas azuis salpicadas e cercadas por um brilho de cor complexa, de onde lhe vem o nome Yôhen, que literalmente significa “brilho que muda”.

 

Próximos eventos (para maiores informações, favor de verificar com a Japan House)

Julho de 2018

Veja também