- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Caros amigos do Chadô!

Carmen Luci Sôka Conte Vieira

É com muitas saudades e gratidão que escrevo essas palavras a vocês.
Este período de isolamento nos deixa saudosos e também muito reflexivos.
Faz três meses de isolamento, e logo na primeira semana nós aqui em casa manifestamos os sintomas de Covid19. Eu mais leve, meu filho mais velho moderado e meu marido com sintomas mais graves chegando a ir ao hospital, mas graças a Deus pediram para voltar e fez o tratamento em casa. Foram 19 dias bem difíceis.
Mas, com muita fé em Deus e com o pensamento positivo e sereno que aprendemos nos caminhos conseguimos passar essa fase.
Este período aproveitei para colocar minhas coisas em ordem, organizar meu material do chá e ler um pouco de livros da cultura japonesa. Sentindo saudades de tudo e de todos regularmente preparava uma tigela de chá.
No domingo passado dia 14.06, acendi o carvão e preparei uma pequena cerimônia do chá para meu marido.
Que alegria sentir aquele aroma do mundo do chá novamente…
Foi alegria e gratidão poder oferecer um chá com a família saudável.
Tudo passa e tudo é um aprendizado.
Amanhã 18.06 quando a imigração japonesa no Brasil completa 112 anos, eu completo 21 anos que iniciei meus estudos do chá.
Foi em uma tarde de sol de uma 6a. feira às 14hs quando entrei pela primeira vez na Urasenke e sigo meu caminho até os dias atuais. Nunca me esqueço deste dia, fomos apresentados ao Sôkei Sensei e estavam presentes as Sensei Hamaoka e Mariko. Lindamente vestidas de kimono.
Aprendi desde criança que as datas mais importantes da nossa vida jamais devemos esquecer, como se fosse a data do nosso aniversário que jamais esquecemos. Essa data para mim é muito importante.
Com muita gratidão no coração, preparo uma saborosa tigela de chá e ofereço a mim mesma.
Itigo Itiê…
(Um momento, um encontro)

Fazendo chá em meu apartamento.

Completo 21 anos praticando o chanoyu

Veja também

  • Shôgo Chaji de 5 de julho

    Shôgo Chaji de 5 de julho

    No dia 5 de julho aconteceu o Shôgo Chaji que teve como anfitriã a professora Chaki Sôki. Vamos apresentar as impressões dos participantes. Desta vez, Chaki sensei, convidou-os com pensamento de『謝茶』shacha – “gratidão pelo chá”. Nele mostra o sentimento de felicidade ...
  • Shôgo Chaji de 28 de junho

    Shôgo Chaji de 28 de junho

    Tendo em conta que ainda continua a pandemia de coronavirus, planejamos realizar, a partir do mes de junho, alguns Shôgo Chaji (Cerimônia do Chá Formal do meio-dia) e serão apresentadas em ordem…
  • O som do sino do templo zen

    O som do sino do templo zen

    Naomi Matsubara (Sômi) – Gon, gon… Toda manhã, às 6h, ouço o som do sino de um templo budista que fica perto daqui. É o sino de um templo famoso em uma área residencial de ...
  • Todo dia  É um bom dia

    Todo dia É um bom dia

    Erisson Sôson Thompson de Lima Jr. – No meu aprimoramento e estudo no Japão aprendi esta frase “Nichi nichi kore kojitsu”Existem varias formas de leitura desta frase. Mas seu significado é o mesmo…
  • RECORDAÇÕES

    RECORDAÇÕES

    Tomoko Takeda (Sôchi) – Por ocasião dos festejos do IV Centenário da Cidade de São Paulo, em 1954, nós os membros da Urasenke fomos ao aeroporto receber o Grão-mestre Herdeiro daquele tempo, Sen Sôko, e ...

Última atualização

01/09/2021 - 13. Fûryû – elegante, refinado… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2021 - 13. KAZE | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2021 - Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II) | Relatos de Cenas Brasileiras
01/08/2021 - Sumi – 1 | Mini conhecimentos sobre Chadô
01/06/2021 - 12. Mi ni shimu – Um modo profundo de sentir… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/06/2021 - 12. TORI | Cantinho da Língua Japonesa
01/05/2021 - Utensílios do Mizuya – 3 | Mini conhecimentos sobre Chadô