- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Shôgo Chaji de 9 de agosto

Nesse dia, o Shôgo chaji da anfitriã Verônica foi realizada na sala Hakuei-an. Com suas amigas, teve um momento de harmonia com o tema “amizade – yûjô” (友情). O que se segue são as impressões dessa ocasião.

 

IMPRESSÕES DO CONVIDADO PRINCIPAL – SHÔKYAKU – Anete Tanahara Kuba

Agradeço do fundo do coração, pela permissão da minha participação de tão Nobre Cerimônia o Shôgo Chaji!

Muito honrada como primeira convidada shôkyaku.

Para mim foi vivenciar a expressão máxima do Caminho do Chá, sentindo profundamente os princípios do: Wa, Kei, Sei, Jaku – Harmonia, Respeito, Pureza e Tranquilidade, através da beleza, elegância e simplicidade!

Senti o espírito de preparação dos nossos mestres: Sôiti Hayashi  Sensei, Sôkei  Hayashi Sensei e Sôen Hayashi Sensei

E o espírito de preparação da anfitriã Verônica Nagae e sua assistente Lídia Kohatsu, desde a confecção do convite especial com o tema: “Gratidão à amizade desejando sorte!”

Os cuidados na escolha das caligrafias, chabana e dos utensílios utilizados!

Após o encerramento, meu coração saiu pleno de gratidão, alegria e iluminado!

Muito obrigada a todos, por este Nobre aprendizado!

IMPRESSÕES DA SEGUNDA CONVIDADA– JIKYAKU – Lina Tiemi Neves

O encontro do chá foi um momento único.

Como foi a primeira participação no chaji, fiquei curiosa e ansiosa de como seria no momento e de como teria que agir na entrada com os cumprimentos e principalmente no kaiseiki .

Mas foi tudo maravilhoso, fiquei impressionada com os detalhes da preparação realizada pela anfitriã e com o auxílio da hantô para nos receber. No kaiseiki , senti que a refeição foi preparada e servida com muito cuidado e carinho e com utensílios especiais, e foi tudo maravilhoso com a orientação calma e tranquila do Hayashi Sôichi sensei .

Foi especial o momento da purificação com o som da pena deslizando no tatami .

Gratidão Hayashi Sôichi sensei pelas orientações e as colegas pelo momento único que envolveu meu coração.

IMPRESSÕES DA TERCEIRA CONVIDADA – SANKYAKU – Luiza Hayashida

No início estava muito ansiosa e preocupada pois não sabia como seria e não consegui gravar as falas.

Contudo, depois que iniciou achei tudo maravilhoso.

Quero agradecer a preparação, desde o convite, pois tudo foi muito bem preparado. A comida também estava uma delícia!

Senti muita paz, alegria, harmonia e tranquilidade.

IMPRESSÕES DA ÚLTIMA CONVIDADA – TSUME – Ivete Hinae Pereira

Foi um dia maravilhoso. Estava apreensiva, pois seria a primeira vez que participaria do chaji. Fiquei preocupada com a conversação e se tudo sairia como deveria ser, mas tudo foi maravilhoso, com a recepção da anfitriã impecável e do auxílio da assistente nos bastidores.

A refeição kaiseki estava deliciosa e os utensílios muito bonitos. Gostei muito do momento do carvão e purificação do tatame.

Gratidão pela orientação com muita calma do Hayashi Sôichi sensei, nos conduzindo e explicando sobre tudo, pois era tudo novidade.

Muita gratidão por ter tido a permissão de participar e continuar trilhando o caminho do chá.

IMPRESSÕES DA ASSISTENTE – HANTÔ – Lídia Kohatsu

Com muita alegria e gratidão, vivenciei um Chaji!

Fui assistente da anfitriã.

Foi emocionante, cada momento de aprendizado na preparação.

O espírito de servir com alegria no coração!

Agradeço a Deus, a professora Sôen e ao mestre Sôichi pelo carinho e atenção a todos nós!

IMPRESSÕES DA ANFITRIÃ – TEISHU – Verônica Hayako Nagae

No chaji, cerimônia de chá formal, pude sentir na função de anfitriã que desempenhei, que na cultura japonesa, o Chadô é uma arte composta pelas principais artes japonesas como a caligrafia, a pintura, o aroma, a flor do chabana, a vestimenta, o paisagismo, a culinária, a cerâmica e a arquitetura. E ainda, a arte de receber bem, a hospitalidade.

Além disso, a história do Japão, comparada à do Brasil, é bem antiga com mais de mil anos. O seu desenvolvimento e progresso alcançados, me faz pensar que se deve a firme e forte fé dos japoneses em Deus e não seria exagero dizer que a tecnologia japonesa atual pode ser considerada a número um do mundo. Eu acho que tudo isso se deve à fé e, por esse motivo, Deus os protege e os encaminha na direção correta.

Para mim, o chaji não foi apenas um momento de chamar convidados e recepcioná-los. Foi um momento de apreciar a arte em suas variadas formas e aumentar o conhecimento. Foi um momento de degustar a refeição preparada com todo carinho e amor, e se deleitar com o ambiente caloroso que emana de cada momento entre o anfitrião, o assistente e os convidados.

A orientação precisa e detalhada dos professores foi imprescindível, pois me proporcionou muita tranquilidade. Agradeço sinceramente aos dois.

Esse chaji foi para mim uma valiosa experiência.

Muito obrigada!

 

Outubrode 2021

Veja também

  • Shôgo Chaji de 5 de julho

    Shôgo Chaji de 5 de julho

    No dia 5 de julho aconteceu o Shôgo Chaji que teve como anfitriã a professora Chaki Sôki. Vamos apresentar as impressões dos participantes. Desta vez, Chaki sensei, convidou-os com pensamento de『謝茶』shacha – “gratidão pelo chá”. Nele mostra o sentimento de felicidade ...
  • Shôgo Chaji de 28 de junho

    Shôgo Chaji de 28 de junho

    Tendo em conta que ainda continua a pandemia de coronavirus, planejamos realizar, a partir do mes de junho, alguns Shôgo Chaji (Cerimônia do Chá Formal do meio-dia) e serão apresentadas em ordem…
  • O som do sino do templo zen

    O som do sino do templo zen

    Naomi Matsubara (Sômi) – Gon, gon… Toda manhã, às 6h, ouço o som do sino de um templo budista que fica perto daqui. É o sino de um templo famoso em uma área residencial de ...
  • Todo dia  É um bom dia

    Todo dia É um bom dia

    Erisson Sôson Thompson de Lima Jr. – No meu aprimoramento e estudo no Japão aprendi esta frase “Nichi nichi kore kojitsu”Existem varias formas de leitura desta frase. Mas seu significado é o mesmo…
  • RECORDAÇÕES

    RECORDAÇÕES

    Tomoko Takeda (Sôchi) – Por ocasião dos festejos do IV Centenário da Cidade de São Paulo, em 1954, nós os membros da Urasenke fomos ao aeroporto receber o Grão-mestre Herdeiro daquele tempo, Sen Sôko, e ...

Última atualização

01/10/2021 - Relatório: 1º HARU MATSURI ORGANIZADO PELO BUNKYO
01/10/2021 - Matéria Especial: Entrevista com o professor japonês Massao Daigo
01/09/2021 - 13. Fûryû – elegante, refinado… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2021 - 13. KAZE | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2021 - Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II) | Relatos de Cenas Brasileiras
01/08/2021 - Sumi – 1 | Mini conhecimentos sobre Chadô
01/06/2021 - 12. Mi ni shimu – Um modo profundo de sentir… | Wa no kokoro – O espírito japonês