- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

14. Wabi – A elegância em rústica simplicidade

Sen Rikyû

Pode-se dizer que a palavra wabi 侘び é praticamente sinônimo de Cerimônia do Chá.

O significado contemporâneo, entretanto, de wabi 侘び, wabishii 侘びしい supõe: estar preocupado ou ansioso, em desesperança ou com falta de coragem; pode ainda significar um profundo estado de tristeza. A expressão wabi o ireru わびを入れる quer dizer: pedir desculpas.

Em determinado momento, dentro do espírito do Chadô, a palavra passa a exprimir: tranquilidade, silêncio, quietude… a elegância da simplicidade. Por trás desse fato podemos citar o mestre de chá da época Muromachi, Murata Shukô (1423-1502). Ele foi o principal responsável pela transição das esplendorosas reuniões de chá que usavam os karamono (utensílios de renome, provenientes da China), para a criação do tenchahô 点茶法, a preparação do chá verde em pó com utensílios fabricados no próprio Japão. Ao tenchahô, Shukô acrescentou o espírito da simplicidade do caminho do zen e nomeou-o wabicha 「わび茶」.

Há um ditado que demonstra esse espírito de wabi:

月も雲間のなきは嫌にてそうろう

Tsuki mo kumoma no naki wa iya nite sôrô

Diz-se aí que é preferível a lua que se esconde e aparece entre as fendas das nuvens, que aquela que brilha em um céu limpo. Pode-se inferir que o wabi concebido por Shukô aponta para a beleza da imperfeição. Esse conceito, introduzido como wabicha わび茶, foi repassado a Rikyû por seu mestre Takeno Jôô.

O seguinte poema waka de Fujiwara-no-Teika expressa muito bem o que Takeno Jôô quis significar com wabicha わび茶:

「見渡せば 花も紅葉も なかりけり 浦のとまやの 秋の夕暮れ」
Miwataseba hana mo kôyô mo nakarikeri ura no tomayano aki no yûgure

Lançando ao largo meu olhar
Nem flores
Nem folhas vermelhas:
Um casebre à beira da baía
Ao crepúsculo do outono.

Ademais, Rikyû irá estabelecer essa concepção nos utensílios, regras e espaços da Cerimônia do Chá. Foi ele quem deu início ao uso de tigelas de chá feitas em estilo Rakuyaki 楽焼, isto é, cerâmicas de barro modeladas à mão, e simplificou complicados procedimentos de preparação do chá (temae 点前). Até então, os ambientes eram de quatro tatames e meio a seis tatames, mas foram diminuindo de tamanho até chegar a salas de 1 e 3/4 de tatame (ichijô daime 一畳台目) e de 2 tatames. A partir dele, o conceito foi sendo moldado e o wabicha 「わび茶」consolidou-se definitivamente.

Quanto às flores, o seguinte poema exprime bem a essência de wabi:

花は野にあるように
Hana wa no ni aruyôni

Disponha as flores como elas são no campo.

Tais palavras dão a entender que chabana, a flor exposta na sala de chá, escapa do mundo do ikebana, para adentrar no universo wabi das Cerimônias de Chá.

A concepção de wabi de Rikyû parece aspirar a um estado mais casual. Prefere o estado natural, em contraposição às coisas totalmente elaboradas ou fabricadas. É a volta à natureza em si.

 

Dezembro de 2021

Veja também

  • 18. Hisureba Hana – Se guardada em segredo, flor!

    18. Hisureba Hana – Se guardada em segredo, flor!

    秘すれば花なり、秘せずば花なるべからず Hisureba hana nari, hisezuba hana narubekarazu “Se guardada em segredo, será flor; se assim não for, não será flor.”
  • 17. Jo-Ha-Kyû

    17. Jo-Ha-Kyû

    Jo-ha-kyû: modulações artísticas nas artes representativas tradicionais do Japão; abertura, meio e clímax…
  • 16. Yûgen

    16. Yûgen

    Yûgen – delicadeza, sutileza, quietude e beleza, misteriosa profundidade…
  • 15. Sabi

    15. Sabi

    O conceito “wabi-sabi” expressa um sentido estético muito peculiar do Japão. É um vocábulo que passa uma imagem de simplicidade, quietude e imperfeição. Na realidade é uma combinação de dois substantivos, “wabi” e “sabi”, cada ...
  • 13. Fûryû – elegante, refinado...

    13. Fûryû – elegante, refinado…

    Quando perguntam “qual seu hobby?”, e se ouve como resposta “fazer haiku” ou “Chanoyu“, o comentário que frequentemente escutamos é: “que gosto refinado!” Nos eventos de contemplação das flores (hanami), ou da lua (tsukimi), e em ...

Última atualização

01/12/2022 - 18. Hisureba Hana – Se guardada em segredo, flor! | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/11/2022 - 4. Gengibre
01/11/2022 - Relatório: 2º HARU MATSURI ORGANIZADO PELO BUNKYO
01/10/2022 - Relatório: Cerimônia do Chá no showroom de DonaFlor
01/10/2022 - Relatório: Alunos de Rio de Janeiro visitam Hakuei-an
01/09/2022 - 17. Jo-Ha-Kyû | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2022 - 17. HI | Cantinho da Língua Japonesa