- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

O tecido Shôha

Padrão do cedro (sugi) ou “espinha de peixe”

Hoje apresentaremos a variedade de tecido denominada Shôha 紹巴. A técnica do Shôha é um exemplo de tecelagem figurativa, isto é, formando padrões. Sua característica distintiva é o uso de linhas de trançado forte em ambos os sentidos do tear (na trama e na urdidura). Na versão mais típica, esse tipo de linha é tecida em uma estrutura horizontal com formato de espinha de peixe (ver figura), tradicionalmente chamada em japonês de padrão de cedro (杉綾 sugi-aya)Alternativamente, a tecelagem pode ser em formato de montanha.

A origem do nome é incerta. Uma possibilidade conecta o tecido a Satomura Shôha 里村紹巴, mestre de poesia sequencial (renga) e discípulo do mestre de chá Sen-no-Rikyû. Segundo esta teoria, Shôha teria um apreço especial por peças feitas com esta técnica, que teriam recebido o nome a partir de sua coleção.

O tecido Shôha resulta leve, fino e macio, agradável ao toque. Já foi usado como forro de casacos haori.

 

Tecido Shôha com tesouros sortidos e crianças chinesas (Takara-tirashi Kara-ko Mon’yô Shôha 宝散らし唐子文様紹巴)

Trata-se de um padrão que combina figuras complexas, causando uma impressão marcante. Dois modelos de crianças chinesas (Kara-ko 唐子) se entrecruzam com dois padrões vegetais em grande escala, um representando flores de lótus e o outro cogumelos reishi, semelhantes a nuvens (reishi-gumo 霊芝雲). Nos espaços entre estas figuras tecem-se ainda motivos auspiciosos miscelâneos, os chamados “tesouros sortidos” (takara-zukushi 宝尽くし). Um dos modelos de criança chinesa suspende uma flor de lótus acima da cabeça. A outra criança segura uma corda que passa através de elementos geométricos circulares, com uma cruz arredondada no centro. Este elemento é um motivo recorrente na arte têxtil japonesa, chamado de padrão “sete joias” (shippô 七宝), em referência a um termo da simbologia budista (joias como ouro, rubi, coral etc. representando virtudes como perseverança, sabedoria etc).

Em termos concretos, o padrão tradicional da “criança chinesa” caracteriza-se geralmente por figuras com roupas deste país e penteado típico, com o cabelo raspado exceto no centro.

 

Tecido Shôha com diademas (Yôraku-mon Shôha 瓔珞文紹巴)

O termo yôraku refere-se a adornos usado pela nobreza da Índia antiga, tais como colares trançados com joias ou metais preciosos. Diz-se que esses diademas foram absorvidos na cultura budista, aparecendo em estátuas e na decoração de templos. A etimologia da palavra vem em última análise do sânscrito muktāhāra, colar de pérolas. O Yôraku-mon Shôha consiste integralmente de motivos representando diademas yôraku.

 

Shôha com arabescos e tesouros sortidos, de predileção do iemoto Hôunsai (Hôunsai-Iemoto gonomi Takarazukushi-Karakusa Shôha 鵬雲斎家元好 宝尽唐草紹巴)

Este tecido kireji, da predileção de Hôunsai XV grão-mestre da Urasenke, foi utilizado na celebração de seu septuagésimo aniversário. O fundo pode ser amarelo ou vermelho; sobre ele tecem-se arabescos de trepadeiras em padrão duplicado, formando espaços dentro dos quais se encontram motivos de tesouros sortidos e mexericas tachibana.

Outubro de 2018

Veja também

  • A tecelagem Môru

    Nosso tema de hoje será o tecido chamado Môru. Acredita-se que a palavra deriva do português Mogol, referindo-se ao império Mughal da Índia, ao qual se atribui a técnica. Os fios do Môru são compostos ...
  • O brocado Nishiki (Parte 2)

    Na continuação de nossa introdução aos tecidos Nishiki, apresentaremos mais três padrões kireji de renome…
  • O brocado Nishiki (Parte 1)

    Nishiki 錦 é um termo geral para brocados compostos por fios coloridos e contrastantes, em duas ou mais cores distintas, com as quais se traçam padrões figurativos. Se as figuras são tecidas com o fio da ...
  • O brocado em listras Kantô (Parte 2)

    Rikyû Kantô 利休間道 Este tecido é feito seguindo uma padronagem de pequenas formas geométricas, em branco sobre azul-marinho, repetidas quase como um xadrez. As formas lembram uma revoada de tarambolas (japonês chidori 千鳥), donde o nome japonês deste ...
  • O brocado em listras Kantô (Parte 1)

    Julgando pelos caracteres, o nome em japonês deste tecido, Kantô ou Kandô 間道, parece sugerir um sentido como “caminho atravessado, passagem”. Quiçá não seja um nome muito claro, mas o padrão de brocado a que ...