- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

A tecelagem Môru

Nosso tema de hoje será o tecido chamado Môru. Acredita-se que a palavra deriva do português Mogol, referindo-se ao império Mughal da Índia, ao qual se atribui a técnica. Os fios do Môru são compostos por um núcleo de seda que é envolvido delicadamente por fios de ouro e prata. Fala-se então em fiação e tecelagem estilo “Môru ouro” ou “Môru prata”.
A exuberância deste tecido faz lembrar o brocado de fios de ouro Kinran; a textura é, porém, diferente ao toque, e os padrões típicos carregam um charme próprio.
Nos tempos atuais, é comum se usar a mesma técnica sem o uso de ouro ou prata, cortando fios de seda trançada junto com outros que o envolvem, de forma a criar uma textura atoalhada. Este tipo de tecido é chamado chenille (“lagarta”, em francês, como uma lagarta peluda), e muito empregado na moda, decoração etc.
O corte das fibras do Môru cria uma textura macia e de aparência brilhante, semelhante ao veludo.

 

Oridome Keitô-mon’yô Môru (織留鶏頭文様モール, Môru finalizado com padrão de celósia)

A palavra Ori-dome se refere à parte final do tecido, isto é, aonde o processo de tecelagem se conclui. Este tecido em Môru prata traça nesta seção figuras de celósia (flor cujo formato lembra plumas) em tamanho grande. O efeito da composição é deveras vibrante e original. O espécime original encontra-se no acervo do Museu de Arte Tokugawa, sendo proveniente da coleção do clã Owari-Tokugawa.

A celósia floresce no verão, e o nome em japonês, Keitôquer dizer “cabeça-de-galo”, fazendo a mesma comparação que o nome popular brasileiro: crista-de-galo. A cor mais conhecida é um vermelho intenso, mas também existem variantes alaranjadas, roxas etc. A flor foi introduzida no Japão no período Nara (século VIII), e aparece na coletânea poética Man’yôshû com o nome de então, que era Karaai  韓藍, “anil-da-China”.

Kusabana-mon Kin’môru (草花文銀モール, Môru prata em padrões florais)

Empregado com frequência para potes de chá (chaire) de grande renome como o Oomeibutsu Kokushi Nasu Chaire 大名物国司茄子茶入, ou o Chûgô-meibutsu Zaichûan Chaire 中興名物在中庵茶入. 

O desenho é baseado em listras verticais grossas, cercadas por listras finas de aparência trançada. Sobre esta base formam-se padrões florais em Môru prata. Comparado com outros tecidos de listras semelhantes, o Kin’môru se destaca pela sensação brilhosa dos motivos florais, advinda do uso dos fios de Môru prata.

Guradiorasu-mon Kinmôru (グラジオラス文金モール, Môru ouro com padrão de gladíolos)

O motivo é formado por flores de gladíolo em três cores. Elas podem ser dispostas em um padrão regular, ou então em direções alternadas, equilibrando-as harmoniosamente em linhas alternadas. O desenho destas flores cria um ar de elegância ocidental. Os caules e folhas são tecidos em um traço enérgico, vivaz, enquanto que as pétalas brilham com o esplendor dos fios Môru.

Dezembro de 2018

Veja também

  • O tecido Shôha

    Hoje apresentaremos a variedade de tecido denominada Shôha 紹巴. A técnica do Shôha é um exemplo de tecelagem figurativa, isto é, formando padrões. Sua característica distintiva é o uso de linhas de trançado forte em ambos os sentidos do ...
  • O brocado Nishiki (Parte 2)

    Na continuação de nossa introdução aos tecidos Nishiki, apresentaremos mais três padrões kireji de renome…
  • O brocado Nishiki (Parte 1)

    Nishiki 錦 é um termo geral para brocados compostos por fios coloridos e contrastantes, em duas ou mais cores distintas, com as quais se traçam padrões figurativos. Se as figuras são tecidas com o fio da ...
  • O brocado em listras Kantô (Parte 2)

    Rikyû Kantô 利休間道 Este tecido é feito seguindo uma padronagem de pequenas formas geométricas, em branco sobre azul-marinho, repetidas quase como um xadrez. As formas lembram uma revoada de tarambolas (japonês chidori 千鳥), donde o nome japonês deste ...
  • O brocado em listras Kantô (Parte 1)

    Julgando pelos caracteres, o nome em japonês deste tecido, Kantô ou Kandô 間道, parece sugerir um sentido como “caminho atravessado, passagem”. Quiçá não seja um nome muito claro, mas o padrão de brocado a que ...