- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Materiais da Natureza – Washi II

Continuando o tema da vez anterior, apresentaremos o uso do papel japonês (washi).

 

DIVERSOS USOS DO WASHI

DIVISÓRIAS CORREDIÇAS (shôji 障子 e fusuma 襖)
Nas casas japonesas usam-se divisórias corrediças com estrutura de treliça de madeira coberta de papel a diferença encontra-se no papel, a mais representativa é aquela coberta com papel translúcido (akarishôji 明かり障子). O papel para shôji utilizado é o washi que permite a iluminação natural. O fusuma usa em ambos os lados da estrutura o papel mais grosso e opaco era também chamado de fusumashôji 襖障子.

 

DIVISÓRIA MOVÍVEL (tsuitate ついたて e furosakibyôbu 風炉先屏風),
O tsuitate é um móvel colocado para dividir o espaço no interior da sala ou quarto ou na entrada. No caso da Cerimônia do Chá usa-se o “furosakibyôbu” (風炉先屏風), um biombo baixo de 2 folhas. Ele é colocado ao lado do braseiro e caldeira, desempenha o papel do kekkai, objeto delimitador de espaço: divide o tatame dos utensílios e o dos convidados.

 

ENCADERNAÇÃO DE LIVRO AO ESTILO JAPONÊS (wahon 和本) – CADERNO ESCRITO OU PARA ESCREVER (sôshi 双紙) – PAPEL DE ANOTAÇÕES (ippinsen 一筆箋)
Em meados do período Heian, o washi era usado cotidianamente para escrever histórias, diários e poemas. O papel de anotações é um papel japonês de carta, de boa qualidade e macia para escrever algumas linhas.

GUARDANAPO DE PAPEL (kaishi 懐紙)
É um papel que se dobra para colocá-lo na parte interna do kimono, acima do obi, é usado para escrever poema waka (和歌) e poesia coletiva renga (連歌). Dentro do Chadô é usado pelos convidados para se servirem dos doces.

 

ROLO DE PINTURA OU CALIGRAFIA PARA PENDURAR (kakejiku 掛軸) E MONTAGEM (hyôsô 表装)
A parte central (honshi 本紙) montada do kakejiku onde foram escritas as letras ou o desenho é feita de washi.

 

PAPEL DE CALIGRAFIA (hanshi 半紙)
É o papel usado na arte da caligrafia, o tamanho do washie de 24 a 26 cm de altura e de 32,5 a 35 cm de largura.

 

LIVRO-CAIXA DE CONTAS (daifukuchô 大福帳)
Caderno que registra com detalhes a venda e compra com clientes.

 

GUARDA-CHUVA (kasa 傘), CAPA (kappa 合羽)
O washi é um papel forte, quando processado com fruto de caqui, ágar-ágar, óleo, laca, cola de konnyaku, torna-se ainda mais forte e melhora a impermeabilidade. Ele é usado também para fazer guarda-chuva de estilo tradicional (wagasa 和傘) e capa de chuva (amagu 雨具).

 

LANTERNA DE PAPEL (chôchin 提灯)
As lanternas de papel com impermeabilização eram necessárias quando saíam à noite.
Usam-se nos festivais, cerimônias, oferendas a Buda, publicidade, decorações, celebrações, etc.

 

KIMONO E ROUPA OCIDENTAL DE PAPEL
O kimono feito de washi colado chama-se kamikoromo (lit. vestimenta de papel 紙衣), neste tipo de kimono o papel ao invés de ser costurado é colado.
Também há o kimono feito com pano de papel. Corta-se bem fino o washi, entrelaça os fios de papel aos fios de seda, assim serão tecidos para formar um pano de papel (shifu 紙布).

 

ARTESANATO FEITO COM WASHI

  • Castiçal: é a base para colocar a vela.
  • Luminárias: O famoso designer Isamu Noguchi criou a coleção “Akari” (lit. luz) com cerca de 200 peças usando o washi para suas luminárias.
  • Cadeira (cadeira de jantar): O washi tem como matéria prima a casca de árvore cujas fibras são fortes e firmes. A superfície do assento é feita de barbante de papel washi torcido, ela é suave e confortável ao se sentar.

LEQUE DOBRÁVEL (sensu 扇子), LEQUE REDONDO NÃO DOBRÁVEL (uchiwa 団扇)
O papel washi é usado na superfície destes leques.

 

Fevereiro de 2018

Veja também

  • Kuyô (ofício memorial) – Lendas Folclóricas: Tsukumogami

    HARI KUYÔ 針供養 – FUDE KUYÔ 筆供養 – CHASEN KUYÔ 茶筅供養Ofício memorial às agulhas, aos pinceis, aos batedores de bambu (chasen)…
  • Kintsugi – Kominka

    Em japonês pode ser escrito 金つぎ ou 金継ぎ. Há diversos tipos de objetos de cerâmica, desde aquelas tigelas de chá para uso diário, a chawan mais caros. Kintsugi é o método japonês de restaurar as cerâmicas tradicionais, quando elas se quebram…
  • Utilização de Diversos Materiais Naturais

    Pelas excelentes técnicas dos artesãos, coisas da natureza como gramíneas e árvores renascem em esplêndidos produtos artesanais. No caso do Japão, há os de cascas de árvores, cana comum yoshi (pragmites), junco-solto (igusa) etc…
  • Materiais naturais: igusa, shuro

    Entre vários materiais naturais, apresentaremos o junco-solto (igusa イグサ) usado para tatames em washitsu e a palmeira-moinho-de-vento (shuro シュロ)…
  • Cinzas

    Matéria em pó que remanesce após queimar grama, árvores, animais, etc., amplamente utilizada desde o passado como substância química. Os principais componentes da cinza são minerais metálicos (potássio, magnésio, ferro, zinco, sódio, cobre, cálcio, alumínio) ...