- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Padrões Japoneses Mon’yô: Onda e Água

Os temas deste mês são: “Onda” (nami 波) e “Água” (mizu 水).

No mês de outubro, o Japão festeja a chegada do outono; por outro lado, no Brasil, já podemos sentir a proximidade do verão.
O poeta japonês Kyoshi Takahama (1874-1959) disse uma vez em seus versos:

「水打つて風鈴いまだ鳴かぬなり」
Mizu utte fûrin imada nakanunari

Este poema descreve um momento em que a água é espargida no chão para refrescar o ambiente sem, no entanto, sequer fazer-se acompanhar de uma brisa que tocasse os sininhos de vento. Que encantador seria, se tanto os sinos de vento, como o costume de aspergir água para refrescar o calor do verão japonês pudessem ser vistos no Brasil!

Existe uma palavra japonesa de origem portuguesa, “biidoro” (びいどろ), que significa “vidro”. Os objetos feitos deste material contribuem também para uma sensação de frescor nesta época.

Apresentaremos, agora, padrões japoneses que sugerem esta sensação de frescor, como o da onda e da água.

 

Padrão de Ondas (Namimon波文)
Padrão estilizado das ondulações de água ou cristas de onda que vão e vêm. Existe uma classificação mais detalhada, como “tatsunamimon” 立浪文 (onda em crista) ou “aranamimon” 荒波文 (onda tempestuosa), entretanto, o padrão tornou-se mais conhecido pelo nome genérico de “namimon” 波文. Neste exemplo da foto observamos apenas as ondas, mas há vezes em que elas aparecem em paisagens com pinheiros ou à beira-mar.

Ondas de Kôrin (Kôrinnami 光琳波)
É um padrão inspirado nas ondas pinceladas do biombo “Ameixeiras com Flores Vermelhas e Brancas” (Kôhakubai-zu byôbu 紅白梅図屏), obra de Ogata Kôrin (1658-1716). É caracterizado pelas ondas descendo em remoinho, através de linhas e curvas, com características marcantes.

Padrão de ondas no oceano azul (Seigaihamon 青海波文)
Padrão representado por ondas desenhadas geometricamente. Círculos concêntricos sobrepostos fazem com que a parte visível, em forma de leque, pareça uma onda, e, em conjunto, como um oceano que continua interminavelmente. É bastante popular, facilmente encontrado em acessórios de quimonos, objetos de cerâmica ou de laqueado maki-e, entre outros.

Padrão de Chidori nas ondas (Naminichidori 波に千鳥)
O nome deste padrão significa literalmente “ondas e passarinhos (batuíras)”. Refere-se genericamente a pássaros que, nas beiras de rios e mares, vivem em bandos, daí a procedência de seu nome chidori 千鳥 (mil pássaros). São geralmente rechonchudinhos e, através destes elementos, o padrão transmite fofura e sensação de frescor.

Padrão de corrente de água (Ryûsuimon 流水文)
Padrão de traços representando correntes de água, às vezes em forma de S, outras vezes em linhas paralelas, entre outras variações. Há muitas versões em que à correnteza acompanham flores, plantas e paisagens. Diferentes tipos de Flor de Íris, como kakitsubata e shôbu, são desenhadas junto às correntes e pontes suspensas de madeira, por exemplo. Outras vezes, folhas de bordô-japonês (kaede) ou paisagens com folhas outonais compõem este padrão, e são chamadas especificamente de “tatsutagawamon” (As margens do rio Tatsutagawa, de Ikoma, em Nara, são famosas pela paisagem outonal).

Padrão de redemoinhos de água (Kanzemizumon 観世水文)
Padrão em que a corrente de água em forma elíptica vai formando redemoinhos. A família Kanze, uma das vertentes do teatro Noh, adotou este padrão, razão pela qual hoje tem este nome.

 

Outubro de 2019

Veja também

  • Padrões Japoneses Mon’yô: Flor de Cerejeira

    Padrões Japoneses Mon’yô: Flor de Cerejeira

    O tema deste mês é sakura, a cerejeira e a sua flor…
  • Padrões japoneses mon’yô: Flor de ameixeira

    Padrões japoneses mon’yô: Flor de ameixeira

    Neste artigo trataremos do último item do trio (Shô-chiku-bai 松竹梅), o (bai/umé)「梅」, a flor de ameixeira . É a primeira a florescer no começo do ano, quando ainda o frio é intenso no Japão, e, portanto, ...
  • Padrões japoneses mon’yô: Bambu

    Padrões japoneses mon’yô: Bambu

    Prosseguiremos com o segundo elemento do trio “pinheiro, bambu e flor de ameixeira” (Shô-chiku-bai 松竹梅), o bambu (chiku/take 竹). Da mesma forma que o pinheiro, o bambu permanece verdejante o ano inteiro. Cria muitas raízes, cresce ...
  • Padrões japoneses mon’yô: Pinheiro

    Padrões japoneses mon’yô: Pinheiro

    Agora que finalizamos a série “O lenço kobukusa e os tecidos de seda kireji”, iniciada em março de 2017, que tal estudarmos juntos sobre os motivos de padronagem japonesa, os mon’yô?Nós discutimos até agora sobre os desenhos dos tecidos kireji ...