- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Migi no te o atsukau toki wa waga kokoro hidari no ho ni aru to shirubeshi

右の手を扱ふ時はわが心
左の方にあるとしるべし

Ao usar a mão direita, lembre-se de ter a mente na mão esquerda.

Este poema ensina que a mente também deve estar dirigida à mão que não é usada, ao invés de pôr toda a concentração na que está em movimento. Ou seja, é a figura sem imperfeição.

O poema refere-se ao momento em que as mãos são utilizadas. Ao oferecer o chá é necessário ter atenção tanto aqui como ali, ao mesmo tempo que conversa, e sem dúvida, deve-se prestar atenção às mãos. A fim de realizar isso, tem que se esforçar para que o temae seja executado espontaneamente. Pode-se dizer que a única coisa a se fazer é nada menos que repetir o temae.

A prática do chanoyu é um acúmulo de treinamento e, conforme vai repetindo os mesmos movimentos, vai exercitando tanto a mente quanto a técnica.

Junho de 2020

Veja também