- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Washitsu – Sala de estilo japonês: Tatame (II)

Agora, daremos continuidade à explicação sobre o tatame.

 

FORMA DE COLOCAR OS TATAMES

Ao se colocar tatames nos aposentos das residências em geral há normas a seguir, por isso as margens das junções não podem formar uma cruz, disposição que se chama shûgijiki (祝儀敷き). Ao contrário disso, a maneira de se colocar tatames onde as junções formam cruz é chamada de fushûgijiki (不祝儀敷き), e esta disposição é adequada a salões de funerais, de templos e hotéis ao estilo japonês.

Há também uma maneira de colocá-los em relação à porta. Isto é, em sentido transversal à porta. Ao fazer isso, o sentido das linhas de costura do tatame (tatami no me) e a direção dos pés serão iguais, de modo que se pode caminhar com suavidade, sem estragar o tatame.

Na sala que tem tokonoma, o tatame é colocado em paralelo ao mesmo. A frente do tokonoma se torna o lugar de honra, kamiza. Se as bordas do tatame atravessassem o kamiza, obrigariam o convidado de honra a se sentar sobre elas, o que seria muito indelicado. Além disso, depois de apreciar as flores, a cerâmica, o rolo de caligrafia ou pintura dependurado com que é decorado o tokonoma, como a direção das linhas de costura do tatame (tatami no me) coincide com o tokonoma, é fácil retroceder de joelhos aos poucos.

Muitas pessoas já ouviram: “Não pise na borda do tatame!” Em respeito às formalidades há uma borda com emblemas (monberi 紋縁) em toda a sua extensão, é o emblema (kamon 家紋) de templos, casa imperial, casa de samurai, casa de comerciante etc. Pisar no emblema é como pisar nos antepassados e no rosto dos próprios pais. Da mesma forma, como há muitas bordas com padrões de seres tais como animais e plantas, em consideração a isso se evita pisar nas representações destes seres vivos e floríferas. Por isso, a regra de “não pisar nas bordas do tatame” permanece como etiqueta, até hoje.

Ademais, na sala de chá cada tatame determina uma função que deve ser executada por quem se sentar nele: kinindatami 貴人畳 (tatame da frente do tokonoma, para a pessoa de alto cargo, hierarquicamente superior ou nobre); kyakudatami 客畳 (tatame dos convidados); rodatami 炉畳 (tatame que tem o braseiro embutido ro); temaedatami 点前畳 (tatame onde o anfitrião se senta para preparar o chá); dôgudatami 道具畳 (tatame dos utensílios), fumikomidatami 踏込畳 (tatame da entrada do anfitrião, onde ele dá o primeiro passo ao ingressar na sala). A borda do tatame é também o delimitador, para distinguir os espaços e seus significados, e jamais deve ser pisada, dada a sua importância de sinalizar a distinção entre o anfitrião e os convidados.

O junco-solto (igusa) usado na esteira da superfície do tatame (tatamiomote 畳表) tem uma estrutura porosa, composta de pequenos orifícios, como uma esponja, de absorção e liberação da umidade, isto é, absorve quando há muita umidade ou muita chuva, e libera esta umidade no tempo seco. Assim, tem a propriedade de isolamento térmico, produz frescor no verão e calor no inverno. Além disso, acredita-se que tenha também a função de purificar o ar, ao absorver substâncias químicas, dentre as quais o dióxido de nitrogênio, que pode ser causador de doenças domésticas (sick house / sick building syndrome). O igusa contém a mesma essência do phytoncide que algumas árvores exalam, com o que se pode obter o efeito do banho de floresta, no quarto. Quando deitada em um tatame novo que exala o agradável odor do junco-solto, a pessoa se sente descansada, relaxada. Este é um encanto inigualável dos tatames.

 

Outubro de 2018

Veja também

  • Washitsu – Sala de estilo japonês: Tokonoma

    Nesta oportunidade, explicaremos sobre o tokonoma (床の間). O tokonoma é um dos elementos decorativos vistos em uma sala de tatame da casa japonesa, é o espaço a um nível elevado do solo, onde são expostos o rolo pendurado de caligrafia ...
  • Washitsu – Sala de estilo japonês: Tatame (I)

    Ao escutar a palavra washitsu, sala ao estilo japonês, a primeira coisa que vem à mente não é o tatame? O tatame é o material tradicional, peculiar do Japão, usado no washitsu. Falaremos sobre o tatame, indispensável na ...
  • Washitsu – Sala de estilo japonês: Fusuma

    Fusuma (襖), porta ou divisória corrediça de papel, é um dos elementos peculiares em casas tradicionais do Japão, utilizado para dividir o espaço do washitsu e para abrir o armário embutido (oshi-ire 押入れ). Normalmente usa-se como porta corrediça dupla, e pode facilmente ...
  • Washitsu – Sala de estilo japonês: Genkan

    Desta vez, apresentamos uma nova matéria: “Washitsu和室 – Sala de estilo japonês”.Washitsu é o termo que define a sala ou cômodo com piso de tatames, algo peculiar em uma casa tradicional japonesa.