- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Plantas do Brasil – 7. Guaraná

Fonte: www.franadesivos.com.br

Ao falar em guaraná, a primeira coisa que vem à nossa mente é aquele famoso refrigerante em uma garrafa esverdeada ou na latinha verde com o desenho de um frutinho vermelho.

O guaraná foi descoberto e cultivado em Maués no Amazonas, cidade fundada em 1798, conhecida até hoje como a terra do guaraná. Os índios foram os primeiros a cultivar o fruto do guaraná, cuja palavra vem do tupi “wara’ná” e significa grande cipó da floresta amazônica.

Seu nome científico é Paullinia cupana e pertence à família Sapindaceae. Para se obter o produto que consumimos hoje, o guaraná passa por várias etapas. Os frutos amadurecem entre outubro e janeiro, e a colheita dos cachos é feita manualmente. Depois são colocados em recipientes com água para separar a polpa da semente. Em seguida, as sementes são secas ao sol e torradas em fornos de barro. Após resfriadas são trituradas em moinhos elétricos originando o pó do guaraná. Esse pó é a base da fabricação dos refrigerantes, xaropes e energéticos.

Fruto  Fonte:Site Pinterest

O guaraná é rico em cafeína, teobromina, teofilina e catequina. A catequina combate os radicais livres, tem efeito antioxidante e previne o envelhecimento. O fruto tem um formato peculiar e a semente se assemelha a um olho humano, que deu origem à lenda do guaraná.

 

Lenda do guaraná:

As tribos de Munducurucânia eram as mais prósperas dos índios. Venciam todas as guerras, as pescas eram ótimas, os peixes, os melhores e a doença era rara. Tudo isso por causa de um curumim que, há alguns anos, nascera naquela tribo.

Ele era o mais protegido de todos. Nas pescas, era acompanhado por muitos – os pescadores desviavam dos rios as piranhas, jacarés ou qualquer outro perigo. Mas, certo dia, toda a segurança foi embora: o Gênio do Mal apareceu em forma de cascavel e feriu o garoto. A tribo entrou em lamentação e em desespero.

Tupã, o Deus dos índios, atendeu a todo aquele lamento e disse:
– Tirem os olhos do curumim e plantem-no na terra firme, reguem-no com lágrimas durante 4 luas e ali nascerá a “planta da vida”, ela dará força aos jovens e revigorará os velhos.
Os pajés não duvidaram, arrancaram e plantaram os olhos do curumim e regaram com lágrimas durante quatro luas.

Nasceu ali uma nova planta, travessa como as crianças, com hastes escuras e sulcadas como os músculos dos guerreiros da tribo. E quando ela frutificou, seus frutos de negro azeviche, envoltos de um arilo branco com duas cápsulas de cor vermelho-vivo. Diziam os índios:
– É a multiplicação dos olhos do príncipe!

E o fruto trouxe progresso da tribo. Ajudou os velhos e deu mais força aos guerreiros.

Maio de 2022

Veja também

  • Cenas Brasileiras 8. Arraial d’Ajuda

    Cenas Brasileiras 8. Arraial d’Ajuda

    O Brasil possui uma imensa costa litorânea com 7.491 km banhado pelo Oceano Atlântico, além de rios de grande extensão. O clima tropical favorece uma diversidade de ecossistemas e recursos naturais…
  • Plantas do Brasil – 6. Jacaranda

    Plantas do Brasil – 6. Jacaranda

    O Jacaranda, assim como a Bisnagueira – spathodea campanulata e o Flamboiã – delonix regia, é considerado uma entre as três árvores que possui a maior flor do mundo. Seu nome científico é Jacaranda mimosifolia (Bignoniaceae), ...
  • Plantas do Brasil – 5. Pau-Brasil

    Plantas do Brasil – 5. Pau-Brasil

    O Pau-Brasil é a árvore símbolo do Brasil, cuja madeira é nobre. Seu nome em tupi, ibirapitanga significa madeira vermelha. Em português, Pau-Brasil deriva da cor da resina vermelha contida na sua madeira. A palavra ...
  • Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II)

    Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II)

    Na primeira parte foram levantadas algumas características da Vitória-régia. Entre elas, a utilização na culinária, como a semente que estoura como a pipoca e tem sabor semelhante. Além da semente, o caule da Vitória-régia pode ...
  • Plantas do Brasil – 3. Vitória-régia (Parte I)

    Plantas do Brasil – 3. Vitória-régia (Parte I)

    Uma das flores exóticas brasileiras mais bonita que existe é a vitória-régia, sendo a maior planta aquática do mundo. É originária da Amazônia e possui uma folha grande em forma de círculo, podendo chegar até ...

Última atualização

01/08/2022 - Relatório: Edição Especial Comemorativa
01/08/2022 - 16. KI | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2022 - Cenas Brasileiras 8. Arraial d’Ajuda | Relatos de Cenas Brasileiras
01/06/2022 - Hakuei-an News
01/06/2022 - 16. Yûgen | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/06/2022 - 2. Natsume
01/05/2022 - Plantas do Brasil – 7. Guaraná | Relatos de Cenas Brasileiras