- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

TANGO NO SEKKU – FESTIVAL DOS MENINOS

No Quinto dia do Quinto mês

A palavra “tango” significa “o dia do cavalo no início do mês”.
A origem desta celebração é na China antiga, no evento chôgo 重五 (lit. significa “o quinto se repete”), no qual purificavam-se dos infortúnios. Antigamente, para limpar-se das maledicências espetavam no telhado a íris (shôbu) e artemísia (yomogi), tomavam banho quente aromatizado com folhas de íris (shôbu-yu) e comiam os doces kashiwamochi e chimaki.

Acredita-se que por volta do período Edo, a celebração do tango (tango no sekku) foi mudado para “Festival dos Meninos”. [Na língua japonesa existem três palavras relacionadas com esta data, que têm a mesma pronúncia, mas ideogramas e significados diferentes]. Assim, shôbu 菖蒲 é a íris e simboliza a bravura, relacionada com o shôbu 尚武 de espírito belicoso (respeito pelas artes marciais) e com o shôbu 勝負 de jogo, de vitória e derrota; por isso ainda há o costume de decorar a sala com os bonecos de guerreiro com o desejo de sucesso na vida dos meninos e hastear flâmulas em forma de carpas voadoras para celebrar o crescimento deles.

 

KOI NOBORI – Flâmulas em Forma de Carpas Voadoras

鯉のぼりO koi nobori é hasteado seguindo uma ordem.

A forma comum de decorar a ponta do mastro é usando uma esfera rotativa no topo e os cata-ventos com flechas por baixo, para convidar a divindade e ao mesmo tempo tem o efeito de amuleto. Em seguida, seguindo a ordem de cima para baixo, vem a biruta de vento ou flâmula de fitas coloridas – azul, vermelho, amarelo, branco, preto – cinco cores que representam os cinco elementos da teoria do ying e yang e que tem o poder de purificar os espíritos malignos. Além disso, o dragão não consegue se aproximar, mesmo que quisesse comer a carpa, pela aversão que sente à biruta de vento.

Depois seguem as carpas que representam a família, a carpa negra é o pai, a carpa vermelha a mãe, e por último, os filhotes de carpa são os filhos.

Maio de 2015

Veja também

  • Shôgatsu – Ano-Novo

    Shôgatsu – Ano-Novo

    O Ano Novo (Shôgatsu正月) marca o início do ano em todos os tipos de calendários do mundo. As pessoas celebram tanto o encerramento de um ano que se passou em segurança quanto a passagem para um ...
  • HASHI - Pauzinhos

    HASHI – Pauzinhos

    Há muitos povos no mundo que comem com as mãos. Não se pode dizer que são tantos assim os que utilizam os pauzinhos (hashi) na hora da refeição, mas sua história é longa, datando da ...
  • EBISUKÔ

    EBISUKÔ

    É um dos eventos anuais populares que acontecem desde o período Edo em tributo ao deus Ebisu (恵比須), conhecido como o Deus da Fortuna, representado nas imagens com roupa de caça antiga (karinugi 狩衣), além ...
  • OBON – Culto aos Epíritos dos Ancestrais

    OBON – Culto aos Epíritos dos Ancestrais

    O culto em memória dos espíritos dos antepassados é uma característica peculiar da cultura japonesa e revela o sincretismo entre a fé aos espíritos ancestrais do antigo Japão e o budismo. Chamado de obon ou ...
  • KITAMAKURA – Travesseiro do Norte

    KITAMAKURA – Travesseiro do Norte

    A expressão japonesa kitamakura 北枕 (“travesseiro do norte”) significa dormir colocando o travesseiro no lado norte, deitando com os pés virados para o sul.  Este ato antigamente era considerado de mau augúrio…

Última atualização

01/10/2021 - Relatório: 1º HARU MATSURI ORGANIZADO PELO BUNKYO
01/10/2021 - Matéria Especial: Entrevista com o professor japonês Massao Daigo
01/09/2021 - 13. Fûryû – elegante, refinado… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2021 - 13. KAZE | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2021 - Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II) | Relatos de Cenas Brasileiras
01/08/2021 - Sumi – 1 | Mini conhecimentos sobre Chadô
01/06/2021 - 12. Mi ni shimu – Um modo profundo de sentir… | Wa no kokoro – O espírito japonês