- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

EBISUKÔ

É um dos eventos anuais populares que acontecem desde o período Edo em tributo ao deus Ebisu (恵比須), conhecido como o Deus da Fortuna, representado nas imagens com roupa de caça antiga (karinugi 狩衣), além de um capuz ou gorro (eboshi 烏帽子), segurando uma vara de pesca na mão direita e um grande peixe pargo na mão esquerda.

Dentre os Sete Deuses da Boa Sorte (Shichifukujin 七福神), muito familiar para os japoneses, apenas o deus Ebisu é um originário do Japão. Refere-se a ele como “Hiruko no mikoto 蛭子命”, o primeiro filho das divindades Izanagi e Izanami, aos quais se atribui a criação do Japão.

Segundo crenças populares, Ebisu é o patrono dos pescadores e do comércio, trazendo prosperidade aos negócios.  Também é a divindade que atrai boa sorte, as pessoas que oferecem orações a Ebisu, pedem por segurança da família e uma ótima saúde.

Ele é o único deus que fica como guardião durante o “décimo mês do ano” segundo o calendário antigo, considerado como o Mês da Ausência dos Deuses (Kannazuki神無月), quando todas as divindades de todo o Japão partem para o Santuário Izumo Taisha. Essa festividade começou a acontecer para consolar Ebisu.

Na região de Kanto, ela é realizada em muitos lugares no dia 20 de outubro e chama-se Hatsuka Ebisu 二十えびす (hatsuka = “vigésimo dia”). Em Kansai, a festividade acontece no dia 10 de janeiro em muitos locais e por isso é denominado Tôka Ebisu 十日戎 (Tôka = dez).  Na zona rural, costuma-se oferendar macarrão sarraceno (soba), cará ralado (tororo), arroz cozido com feijão azuki (azuki meshi), nabo bifurcado (futamata daikon).  Os comerciantes oferendam pargo (tai), saquê (miki), e kagami mochi (conjunto de dois bolos de arroz glutinoso –mochigome- sobrepostos e decorados), caqui, castanha (kuri) – as pessoas rezam pela prosperidade dos negócios e comemoram junto com os clientes.

Neste período (19 e 20 de outubro) é realizado o mercado Bettara-ichi べったら市, em Nihonbashi, Tokyo.  Trata-se de um festival de comidas em que são vendidas ‘conservas de nabo seco (curtidas em levedura de arroz), com sabor adocicado’ (bettara-zuke).

As celebrações mais famosas são as no Santuário Takarada Ebisu (寶田恵比須神社), onde acontece o mercado Bettara-ichi (em Tokyo), além das realizadas nos santuários de Ebisu (províncias de Tochigi, em Nagano), Nishinomiya (província de Hyôgo), Yasaka e Ebisu (em Kyoto), Tenmangu e Sumiyoshi (em Osaka).  São também famosos os Tôka Ebisu que acontecem nas cidades de Fukuoka e Kitakyushu.

 

Outubro de 2016

Veja também

  • Shôgatsu – Ano-Novo

    Shôgatsu – Ano-Novo

    O Ano Novo (Shôgatsu正月) marca o início do ano em todos os tipos de calendários do mundo. As pessoas celebram tanto o encerramento de um ano que se passou em segurança quanto a passagem para um ...
  • HASHI - Pauzinhos

    HASHI – Pauzinhos

    Há muitos povos no mundo que comem com as mãos. Não se pode dizer que são tantos assim os que utilizam os pauzinhos (hashi) na hora da refeição, mas sua história é longa, datando da ...
  • OBON – Culto aos Epíritos dos Ancestrais

    OBON – Culto aos Epíritos dos Ancestrais

    O culto em memória dos espíritos dos antepassados é uma característica peculiar da cultura japonesa e revela o sincretismo entre a fé aos espíritos ancestrais do antigo Japão e o budismo. Chamado de obon ou ...
  • KITAMAKURA – Travesseiro do Norte

    KITAMAKURA – Travesseiro do Norte

    A expressão japonesa kitamakura 北枕 (“travesseiro do norte”) significa dormir colocando o travesseiro no lado norte, deitando com os pés virados para o sul.  Este ato antigamente era considerado de mau augúrio…
  • NAGOSHI NO HARAE – Rito de Purificação no Verão

    NAGOSHI NO HARAE – Rito de Purificação no Verão

    Ooharae (a grande purificação) é um evento para eliminar as impurezas do corpo, que se realiza anualmente no último dia dos meses (misoka) de junho e dezembro.  Tornou-se uma prática comum na época do ...