- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Sonomichi ni hairan to omou kokoro koso wagaminagara no shishōnarikeri

“Ter a mente para entrar neste caminho é,
de fato, ter um professor inerente”

その道に入らんと思う心こそ 我が身ながらの師匠なりけり

Este poema ensina a atitude comum a todos que aprendem o Chadô. Quem procura compreender adentrando nesse Caminho deve antes de tudo desejá-lo.

Seguir no Caminho sem aspirá-lo é como aquele que continua a viagem sem propósito, andando sem rumo.

No Chadô, não se evolui a menos que aprenda por sua própria iniciativa. Se tiver o sentimento de querer instruir-se voluntariamente; no espírito desta pessoa já estará formando-se um excelente Mestre.

Março de 2015

Veja também