- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Yu o kumite chawan ni iruru sono toki no hishaku no neji wa hiji yori zo suru

湯を汲みて茶碗に入るる其時の
柄杓のねぢは肱よりぞする

Ao pegar a água quente e despejá-la no chawan,
o cotovelo se move ao virar o hishaku.

O poema nos ensina que quando se despeja a água quente usando o hishaku, coloca-se a concha no centro do recipiente onde se vai verter a água, e a mão que segura o hishaku faz o movimento desde o cotovelo.

Se girar o pulso, mantendo fixo o cotovelo, despejará a água quente apenas com a ponta dos dedos, derramando-a fora da tigela.

Logo, ao pegar o hishaku deve-se manter no centro o tsukigata 月形 (forma de meia-lua) ou tsuki no wa 月の輪, que é o ponto de encaixe entre o cabo e a concha, e mover o cotovelo para verter a água. Ao mover o cotovelo, o hishaku irá inclinar-se, enquanto sua concha ( 合) permanecerá estável, impedindo o derramamento da água fora da tigela.

Dezembro de 2020

Veja também

Última atualização

01/09/2021 - 13. Fûryû – elegante, refinado… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2021 - 13. KAZE | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2021 - Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II) | Relatos de Cenas Brasileiras
01/08/2021 - Sumi – 1 | Mini conhecimentos sobre Chadô
01/06/2021 - 12. Mi ni shimu – Um modo profundo de sentir… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/06/2021 - 12. TORI | Cantinho da Língua Japonesa
01/05/2021 - Utensílios do Mizuya – 3 | Mini conhecimentos sobre Chadô