- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

8. Usui – Água da Chuva

O termo “usui 雨水” é utilizado para designar aquela época em que a neve começa a derreter-se, e o que cai dos céus vai se transformando de neve em chuva. Quando a temperatura da água já não é tão gelada e as plantas começam a germinar, isso era considerado, desde os tempos antigos, como o sinal esperado para começar as atividades agrícolas. Em algumas regiões, é nesta época que sopra a primeira rajada do vento sul que anuncia a primavera, e, em outras, escuta-se os primeiros cantos do rouxinol. Tanto no Japão como na China, o dia exato denominado de “usui” é o dia 18-19 de fevereiro.

Na atualidade, o ano começa no dia primeiro de janeiro (dia de Ano Novo) e termina no dia 31 de dezembro. Mas, originalmente, “um ano” indicava o período em que o sol atravessava o ponto vernal (equinócio de primavera no hemisfério norte) até retornar a esse ponto novamente. A espera tão ansiada da primavera, das pessoas do passado, se relaciona sobremaneira a este sentido de ano.

 

Assim, o período que o sol leva para dar a volta do ponto do equinócio vernal e alcançá-lo novamente, é dividido em 24 partes iguais, e cada uma delas tem um nome próprio que faz transparecer a estacionalidade correspondente. O conjunto é chamado de “Nijushiki 二十四気”, isto é, as 24 divisões sazonais de um ano no antigo calendário lunar. Há termos conhecidos que, mesmo nos dias de hoje, tem um significado profundo, tais como:

risshun 立春” (dia de ingresso na primavera)
shunbun 春分” (equinócio de primavera)
geshi 夏至” (solstício de verão)
risshû 立秋” (início do outono)
shûbun 秋分” (equinócio de outono)

rittô 立冬” (dia de ingresso no inverno)

 

Há ainda outros menos conhecidos pelos contemporâneos, tais como:

keichitsu 啓蟄” (o despertar dos insetos) (aprox. 6 de março)
seimei 清明” (límpido e claro) (aprox. 5 de abril)
koku’u 穀雨” (época de chuva da primavera) (aprox. 20 de abril)
bôshu 芒種” (tempo de plantio de grãos, ou grãos em orelha) (aprox. 6 de junho)
shosho 処暑” (calor ameno) (aprox. 23 de agosto)
hakuro 白露” (orvalho branco) (aprox. 8 de setembro)
sôkô 霜降” (época de geada) (aprox. 23 de outubro)

Mudando de assunto, há uma organização não-lucrativa chamada “Assistência ao Desenvolvimento Comunitário Usui – NPO “雨水町づくりサポート”, apoiado pelo Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão. Promove a conscientização da água obtida pela chuva como sujeito a um valor social. A política desta organização é: “Água proveniente da chuva como direito igualitário a todos”.

Junho de 2020

Veja também

  • 7. Ume ni uguisu – Rouxinol na ameixeira florida

    7. Ume ni uguisu – Rouxinol na ameixeira florida

    “Rouxinol na ameixeira” é uma associação ideal, uma consonância equilibrada entre esses dois componentes. É um tema tradicional na poesia e ilustração japonesa, e tem sua origem nos poemas clássicos da China…
  • 6. Kare – sequidão, aridez, desolação, morte...

    6. Kare – sequidão, aridez, desolação, morte…

    Dentre outros significados, a palavra japonesa “kare 枯れ” exprime…
  • 5. Kiku – Crisântemo

    5. Kiku – Crisântemo

    Esta planta de nome científico Chrysanthemum foi levada da China ao Japão, na antiguidade. É a mais representativa e comercializada do Japão, além de sua flor ser símbolo do brasão imperial japonês. Apresenta uma grande variedade de ...
  • 4. Jûrokuya – Décimo sexto dia da lua

    4. Jûrokuya – Décimo sexto dia da lua

    Em japonês, “jûrokuya” (十六夜) ou “izayoi” (いざよい) refere-se à noite do décimo sexto dia da lua. Se contamos o dia da lua nova como o primeiro, o dia da lua cheia corresponde ao décimo quinto ...
  • 3. Hotaru – Vaga-lume

    3. Hotaru – Vaga-lume

    O vaga-lume começa a aparecer no arquipélago japonês, aproximadamente, a partir da terceira semana de maio, e pode ser apreciado até meados de junho. O tema central do presente artigo é ele. Na publicação anterior ...