- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

Sumi oku wa tatoe narai ni somuku tomo yu no yoku tagiru sumi wa sumi nari

炭置くはたとへ習ひにそむくとも
湯のよくたぎる炭は炭なり

Mesmo que a colocação do carvão possa ser contrária à maneira ensinada,
o carvão que aquecer a água é carvão.

No chadô há a cerimônia do chá forte (koicha 濃茶), do chá fraco (usucha 薄茶) e do carvão (sumi temae 炭手前). O tema deste poema é para explicar o porquê da cerimônia do carvão. Ela existe para ferver a água, por isso o poema nos ensina que o carvão deve ser colocado de modo que permita a fervura. A questão é que parece ser natural o carvão promover a fervura da água, e assim, servir chá aos convidados. Mas, justo isto é bastante difícil de fazer.

Dezembro de 2019

Veja também

Última atualização

01/09/2021 - 13. Fûryû – elegante, refinado… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/09/2021 - 13. KAZE | Cantinho da Língua Japonesa
01/08/2021 - Plantas do Brasil – 4. Vitória-régia (Parte II) | Relatos de Cenas Brasileiras
01/08/2021 - Sumi – 1 | Mini conhecimentos sobre Chadô
01/06/2021 - 12. Mi ni shimu – Um modo profundo de sentir… | Wa no kokoro – O espírito japonês
01/06/2021 - 12. TORI | Cantinho da Língua Japonesa
01/05/2021 - Utensílios do Mizuya – 3 | Mini conhecimentos sobre Chadô