- A Paz Através de Uma Tigela de Chá -

2. O Kimono na Cerimônia do Chá (versão feminina)

Introdução

Como continuação do artigo de vestimentas apropriadas para participar na Cerimônia do Chá, neste texto explicaremos a respeito do kimono feminino.
O kimono para mulheres é composto de vários tipos diferentes, como o hômongi (訪問着), tsukesage (付け下げ), iromuji (色無地), komon (小紋) e outros.
Dentre esses, quais seriam os apropriados para a Cerimônia do Chá?
Neste artigo, veremos conceitos e regras básicas a respeito da vestimenta feminina.

 

Em uma Cerimônia do Chá formal

Primeiramente, pode se considerar que há dois tipos gerais de kimono.
O primeiro é conhecido como yawarakamono, significando “kimono macio”, de tecido tingido, que inicialmente é composto por fios brancos, e posteriormente tingidos.
O segundo é o katamono, ou “kimono duro”, de tecido feito com fios já tingidos na cor final, que no ato de tecer incorpora o padrão final em cor e desenho.

Yawarakamono」(kimono “macio”): kimono de tecido tingido (染めの着物 some no kimono);

Katamono」(kimono “duro”): kimono de tecido feito com fios tingidos (織りの着物 ori no kimono).

Esses dois tipos de kimono possuem graus de formalidade, e de acordo com essa hierarquia define-se em que ocasião é apropriado vestir cada um deles.
O tipo yawarakamono é considerado formal, e o katamono é visto mais como informal, casual. Dentro desses dois tipos, é considerado mais apropriado para a Cerimônia do Chá o do tipo yawarakamono.
Na Cerimônia do Chá é necessário sentar-se em seiza e levantar-se constantemente e, considerando que o yawarakamono tem a característica do tecido se ajustar ao corpo da pessoa que o está vestindo, é bastante apropriado para essa situação.
Dentro dos tipos de kimono yawarakamono mais conhecidos há: hômongi, tsukesage, iromuji, Edo-komon, komon. Quanto às características de cada um, foram publicados aqui, em detalhe, artigos a respeito no passado.
Por outro lado, como katamono, temos por exemplo o tipo tsumugi, de seda áspera. Seria equivalente ao jeans, muito informal, ainda que seja uma peça cara, e não é apropriado o seu uso em eventos formais.
Outros exemplos de katamono são kimonos feitos em linho ou algodão.
Na Reunião do Chá (chakai), que pode ser considerada como um evento formal, deve-se usar normalmente o ryakureiso, ou semiformal.
Se quiser possuir um só kimono que poderia ser usado em chakai, opte pelo tipo iromuji.

No kimono iromuji, ao colocar um kamon (brasão de família) nas costas, ele se torna um kimono ryakureiso, ou semiformal, apropriado para a ocasião. O iromuji é um kimono de aparência modesta, de uma só cor e sem desenhos extravagantes. Em compensação pode-se usar o fukuro-obi, que é um obi formal, com fios de ouro ou prata, para dar um acento mais belo e alegre, ao mesmo tempo em que se mantem a formalidade necessária.

A Cerimônia do Chá pode ser desde algo descontraído, como um chakai, com muitos convidados, até um chaji, que seria um encontro formal com refeição e com um número pequeno de participantes. Por isso, é importante verificar o nível de formalidade esperado no encontro e escolher o kimono adequado.
Por exemplo, em um chakai de formalidade alta, é recomendado vestir algo semiformal, como o hômongi ou iromuji. Por outro lado, em uma cerimônia mais casual com muitos participantes (大寄せ茶会 ôyose chakai), pode se usar o komon, que equivale a uma peça de roupa com pequenos padrões em toda sua extensão, que pode ser usada no dia a dia.

No mundo do Chadô é importante ter a sensação de sazonalidade, e o mesmo é esperado do modo de vestir. Deve-se escolher um kimono adequado à estação, como o kimono com forro (awase 袷) no inverno, sem forro (hitoe 単衣) da primavera ao outono, e os de tecido mais fino e semitransparente (usumono 薄物) no verão.

Por exemplo, durante os dias quentes de verão é comum usar o usumono do tipo de tecido ro (絽) e sha (紗), e também é recomendado usar um obi com material similar e com um pouco de transparência, para dar uma impressão de leveza e frescor.

Também é recomendado padrões no kimono que representem as estações. As estampas florais, como regra, devem ser usadas preferencialmente meio mês antes da época em que as flores representadas florescem.

Nos chakai é recomendado usar a vestimenta tendo em mente harmonizar-se com a sala e os utensílios do chá, de modo que mesmo sendo modesta passe uma impressão de beleza e elegância.

 

O que usar no keiko (aulas práticas)

Durante o treino, como pode acontecer de molhar ou até sujar as mangas ou outras partes do kimono, recomenda-se usar um mais casual e simples. Um kimono de seda pura, quando molhado, pode criar manchas circulares, então deve-se tomar bastante cuidado. Uma opção é usar kimono com tratamento repelente à água, ou do tipo que possa ser lavado.
iromuji é um kimono simples, de uma só cor e sem estampas, fácil de aumentar ou diminuir a formalidade de acordo com a combinação do obie é então recomendado para iniciantes do Chadô, podendo ser usado nas aulas práticas também. Ele é bem versátil.
Quando for vestir o iromuji na aula, pode-se usar o obi do estilo Nagoya-obi, que é casual, para ter uma diferenciação quando vestir o mesmo kimono em uma cerimônia formal.
Outra opção é usar um kimono do dia a dia, como o komontsumugi ou até os mais informais, como o yukata, que é permitido em aulas.
Ao usar com frequência kimono, você irá naturalmente se acostumar a vesti-lo, e, quando for convidada a um chakai, poderá se portar de maneira natural vestindo ele.
É possível praticar vestindo roupas ocidentais, mas você irá se sentir mais adequada à ocasião vestindo um kimono apropriado.
Que tal vestir o kimono não só no nos encontros formais de chá, mas também nas aulas práticas e desfrutar do Chanoyu?

Maio de 2020

Veja também